SQL Server 2012: O que tem de novo para BI?

Sabemos que o SQL Server se estabeleceu como um produto de banco de dados de grande destaque com o lançamento do SQL Server 2005. A partir daí ele tem evoluido significativamente com funcionalidades de Business Intelligence (BI), melhorias fundamentais em Integration Services, Analysis Services e Reporting Services somado a todas as melhorias de gestão de banco de dados. No SQL Server 2008 R2, a inclusão de conceitos como BI Self Service (faça você mesmo) e recursos como PowerPivot e sua integração no Sharepoint, permitiu à Microsoft possuir um produto acima de competitivo da classe empresarial neste segmento.

Neste artigo, estou reduzindo toda a descrição das melhorias e novas funcionalidades do SQL Server 2012, reunindo apenas as 6 mais importantes para o tema Business Intelligence:

  1. Analysis Services: Business Intelligence Semantic Model (BISM)
  2. Analysis Services: Importar o PowerPivot Excel para o Analysis Services modo Tabular
  3. Analysis Services: Modelo sendo executado em Memória (xVelocity) – Alta performance
  4. Power View: Suporte do SQL Server com modelo de dados tabular
  5. Reporting Services: Visualização e Interatividade com relatórios em sistemas operacionais Apple (iOS)
  6. Reporting Services: Alertas de Negócios (Data Alerts)

1.       Analysis Services: Business Intelligence Semantic Model (BISM)

Afinal, o que é Modelo Semantico de BI?

Sabemos que até a versão SQL Server 2008 R2, com o Analysis Services era possível criar um tipo de modelo multidimensional, conhecido como cubo de dados.

Com objetivo de permitir com que os usuários finais possam criar seus próprios modelos de dados sem a necessidade de um desenvolvedor, a Microsoft lançou o PowerPivot, que permite ao usuário criar suas regras de importação de dados em tabelas criadas por ele mesmo, transformá-las se necessário e então apresentar relatórios através destes dados.

Este conceito de modelagem de dados para usuários finais é conhecido como modelo de dados Tabular.

É muito mais complicado fazer com o que os usuários finais que não são técnicos compreenda modelos OLAP (multidimensionais), com dimensões, hierarquias e tabelas fatos. Mas fazer com que estes compreendam tabelas em linhas e colunas como na modelagem definida no PowerPivot é muito mais simples.

No SQL Server 2012, a Microsoft decidiu por muitas razões, colocar o modelo tabular também no Analysis Services, acrescentando o mesmo princípio e tecnologias implementadas no PowerPivot, como o VertiPaq que permite um desempenho espetacular com milhões de registros.

Conclusão, ao criar um modelo no Analysis Services, você poderá criar 2 tipos de modelos de dados, Multidimensional ou Tabular, o nome dado a ambos modelos é Business Intelligence Semantic Model (BISM).

bism

DICA: Algo interessante é que, se for criado um modelo Tabular no PowerPivot, você poderá migrar para o Analsysis Services modelo Tabular e então centralizar este modelo no Servidor de SQL Server.

Abaixo a arquitetura do BISM:

Pretendo me aprofundar melhor nas tecnologias e compartilhar com todos, mas a idéia deste post é passar uma visão superficial do que há de novo no SQL Server 2012 para Business Intelligence. (Próximo Tópico explico melhor)

2.       Analysis Services: Importar o PowerPivot Excel para o Analysis Services modo Tabular

Imagina o seguinte: O usuário final trabalha com dedicação para criar seu modelo de dados no PowerPivot, cria suas integrações, novas colunas, associações, chaves etc. Fica bom o suficiente para atender não só aos relatórios dele, mas também de todo o seu departamento e para demais áreas. Neste caso, o usuário poderia decidir por compartilhar o seu PowerPivot no Sharepoint, de modo que os demais usuários possam se conectar nele e então criar e navegar em seus relatório utilizando os dados gerados.

No entanto, a carga de trabalho dos usuários nestes dados, estaria no servidor de Sharepoint, se o modelo for criado no SQL Server, este modelo poderá ser mais escalável, podendo utilizar mais memória e demais recursos que o Sharepoint não teria, como por exemplo particionamento e melhores funções de segurança do modelo. Existe uma série de funcionalidades novas que podemos fazer ao migrar para o Analysis Services.

Com esta nova funcionalidade, você poderá importar este modelo de dados do PowerPivot para o Analysis Services de forma muito rápida e intuitiva através do SQL Server Data Tools ou diretamente no SQL Server Management Tools.

3.       Analysis Services: Modelo sendo executado em Memória (xVelocity) – Alta performance

xVelocity é um mecanismo de análise em memória (VertiPaq) que também está disponível para os modelos tabulares de Analysis Services. O serviço xVelocity utiliza armazenamento em memória e executa cálculos que agregam e manipulam dados no momento em que são solicitados. Esta tecnologia é encontrada no PowerPivot para Sharepoint, mas agora você pode utiliza-lo em uma instância do Analysis Services independente, sem dependência do SharePoint.

Para utilizar o serviço xVelocity, você deve instalar o Analysis Services em um novo modo de servidor tabular, permitindo que você execute os bancos de dados do tipo tabular nessa instância.

4.       Power View: Suporte do SQL Server com modelo de dados tabular

O SQL Server 2012 agora suporta o Power View. Como? O Power View — que pode ser executado de duas formas: através do Add-In para Excel 2013 ou então através do Sharepoint– pode se conectar nos modelos do Analysis Services tabulares.

Infelizmente, o Power View ainda não se conecta nos modelos multimensionais (cubos), apenas tabulares, mas eu ouvi dizer que a Microsoft está trabalhando em um conector do PowerView para os modelos multidimensionais.

Se você possuir cubos de dados, irá precisar replicá-los como Tabular, caso queira que seus usuários utilizem o Power View acessando estes modelos. Eu já fiz isso algumas vezes e é de fato simples, porquê o DataMart ou DataWarehouse já esta pronto. Uma vez criado o modelo replicado do Multidimensional para o Tabular, teremos 2 modelos do mesmo assunto: Tabular e Multidimensional, assim o usuário final poderá trabalhar com todas as ferramentas de visualização de relatórios Microsoft disponíveis.

5.       Reporting Services: Visualização e Interatividade com relatórios em sistemas operacionais Apple (iOS)

Bom, sabemos que o Reporting Services pode ser renderizado nos Navegadores, porém para o Safari da Apple, os relatórios (RDL) era limitado, estático. Com a chegada do SSRS 2012, o usuário que abrir no iPad, iPhone ou em qualquer Safari, poderá contar com o Drill down (expand/collapse), navegação de paramêtros e interatividade com ordenações.

Bacana a Microsoft pensar nos usuários Apple também, não é?

6.       Reporting Services: Alertas de Dados (Data Alerts)

No Reporting Services, agora você pode configurar alertas de dados que permitem notificar você sobre as alterações nos valores do relatório.

Imagine que o relatório de vendas contém informações de vendas por período, as vendas médias mensais e metas de vendas para pessoas de vendas por território. Como um vendedor, você gostaria de saber como está seu desempenho perante suas metas. Ao criar um alerta de dados no relatório de vendas, você pode receber mensagens sempre que as suas vendas estiverem abaixo de um valor especificado ou a um valor que você considera ser importante para você.

As regras de valores dos alertas, são criadas pelo usuário, usando operadores AND e OR,  você pode combinar muitas cláusulas com regras complexas, definindo com precisão os valores de dados do relatório que você deseja ser notificado por email, seja em horário programado ou imediatamente quando o valor é alterado.

Você também pode especificar outros destinatários para as mensagens por e-mails. Com esta funcionalidade, é possível manter-se informado mais rapidamente das informações de negócios e aumentar a eficiência táticas, estratégicas e colaboração.

Caso queira conhecer as demais novas funcionalidades do SQL Server 2012 e melhorias, visite o site:

http://msdn.microsoft.com/en-us/library/bb500435.aspx

Se ficou com dúvida, pode me procurar no email: alexberenguer@hotmail.com

Obrigado!

Anúncios

Um pensamento sobre “SQL Server 2012: O que tem de novo para BI?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s